LifeStyle

O prazer de ser Natural

4 de janeiro de 2017

Olá jujubas e amendoins, hoje eu acordei me sentindo blen! isso mesmo, blen! Olhei no espelho e não reconheci as manchinhas do meu rosto, o olhar cansado, os quilos a mais, aquelas marquinhas nas coxas, o cabelo (curtíssimo) rosa desbotado…

De repente me questionei quem era eu agora, nesse momento, fim de 2016 com um pé em 2017. A quantos anos eu não via meu cabelo natural, sério eu nem sei mais que cor ele é, ou como ele é sem progressiva.

E como eu passei do manequim 36 para o 40 em 3 anos? Eu não parei para contestar isso, bom até hoje de manhã. Então eu comprei uma tinta da cor que se aproxima mais do cabelo da minha irmã, sim porque ela nunca pintou o cabelo e ele parece muito com os das minhas fotos mais jovem, e enquanto eu espero a tinta agir, estou escrevendo esse post.

Quero deixar bem claro que eu amo cabelo colorido e amo ter o cabelo colorido, eu só não estou me identificando mais assim. Assim como eu prefiro o cabelo beeem curto, mas agora eu quero saber como é ter ele longo.

E porque não dizer que eu também quero emagrecer e não por motivo de saúde nem nada assim, por vaidade mesmo, por querer sentir segura comigo mesma como quando umas gordurinhas a mais não me incomodavam, to errada? Talvez. Talvez eu deva abraçar o discurso “ame a si mesma” e blá blá blá, mas a verdade é que eu só quero ser mais eu, de um jeito que eu goste de acordar todos os dias e vestir minha vida e vive-la como um vestido favorito que me faz me sentir confiante.

Dai você vai dizer: “há mas você quer emagrecer, porque você já é magra!?” Peso é um tema muito tabu, mas eu tenho propriedade pra saber o que eu quero pra mim mesma, afinal já tô me aguentando há 27 anos e eu não me sinto bem com as medidas que tenho hoje.

Há algum tempo eu também reduzi a quantidade de maquiagem que eu uso, já sentindo essa necessidade de me reconhecer mais naturalmente. Eu tenho olheiras muito marcadas, falei disso de forma até bem humorada nesse post aqui e sempre me senti prisioneira da maquiagem para esconde-las. Mas atualmente eu estou me permitindo ficar de rosto lavado e só recorrer a maquiagem quando vou sair e se eu sei que vou tirar fotos.

Uma amiga falou uma vez que se algo te incomoda no seu corpo, então você deve se levantar e fazer algo sobre isso, ficar apenas reclamando pra Deus não vai resolver. Do contrario você só vai se tornar uma pessoa chata, que só sabe reclamar. E não é só no físico, mudar pequenos hábitos, como dormir melhor, se alimentar melhor, beber água, mudar a forma que você lida com as situações e problemas…

Em 2017 eu estou focada em cuidar mais de mim, me atentar a minha saúde e baixar os níveis de estresse e ansiedade que pelo menos para mim são os maiores vilões na minha qualidade de vida. Se tudo der certo, eu vou entrar para o Ballet e voltar para o Teatro ><, esses são os meus maiores desejos para 2017, alem de cuidar mais da minha pele e isso inclui usar filtro solar hahaha sim, é algo que sempre nos alertam a usar, mas quem realmente usa? Você usa?

E você que está ai do outro lado, quais são suas promessas para o ano novo? Quais os compromissos que você fez consigo mesmo?

Deixa aquele comentário bacana que eu vou amar saber o que você pretende aprontar em 2017!

bjs de luz

Loading Likes...

Only registered users can comment.

  1. Esse ano eu vou ser mais eu e tentar ser mais paciente para entender que meu namorado é do jeito dele e parar de brigar por isso, tem coisas que mudam nos outros quando mundanos na gente primeiro, esse conselho vc que me deu, eu vou tentar ser feliz esse ano e no próximo, e no próximo e estar em constante mudança pra sempre. Afinal, não se pode entrar no mesmo rio duas vezes né?

    1. Sua linda, eu estarei sempre por aqui, geralmente na madrugada, você sabe, pode me chamar ^^ Eu preciso escrever sobre relacionamento e o rio shauhshua é tão mais fácil de entender depois que se faz a analogia =D

Deixe um comentário do que achou do post!

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.