LifeStyle

Diário de Viagem Curitiba 1#

19 de julho de 2016

picsart_07-19-04.22.04.jpg

Olá Jujubas e Amendoins, hoje vos falo de Curitiba uhuuuu todos comemoram!!!

Eu não tive oportunidade de fazer grandes viagens quando era mais nova e por isso me falta o habito de saber o que fazer na maior parte do tempo, por isso eu já peço desculpa se o Diário de Viagem não ficar la essas coisas hehehe

img_20160718_173635.jpg

Primeiramente essa minha viagem não foi programada nem planejada, acontece que meu marido tem vários compromissos de trabalho em Curitiba e precisará ficar aqui por quase duas semanas então eu me envolvi na viagem de trabalho dele.

Eu nunca viajei para cá e tudo que eu sei sobre Curitiba foi através dos post da Melina, que mora em Curitiba. Tô deixando o link do blog dela pra quem não conhece e se interessar.

Para quem não sabe eu moro em São Paulo desde sempre e eu só conheço os trajetos que o metrô percorre, então eu sou ZERO para o quesito aventura.

“Se São Paulo é uma selva de pedra, o metrô é a trilha segura. E eu sou daquelas que nunca sai da trilha para se aventurar.”

Mas viajar para Curitiba nessa viagem vai exigir exatamente isso de mim, sair da trilha. E mais, numa selva completamente desconhecida por mim. Meu marido veio a trabalho e não vai poder me acompanhar pra cima e pra baixo (infelizmente) vai ser só eu e vocês meu queridos!!!

Já no embarque do avião começou minha integração a selva Curitiba. Seus habitantes são facilmente reconhecíveis por um sutil sotaque. Deixa eu contar um problema que eu tenho com sotaques, sou como o pássaro-lira, uma especie que imita o canto de outros pássaros. Então se eu fico uns 3 min conversando com alguém que tem sotaque me da a síndrome do pássaro-lira e eu começo a imitar o sotaque da pessoa, é automático e as vezes irreversível e eu ainda passo a integrar gírias tipicas no meu vocabulário. Com o passar dos anos se tornou comum me perguntarem de onde eu sou por que ninguém acha que eu sou de São Paulo por causa do jeito que eu falo.

Eu cheguei a noite por volta das 18h no aeroporto e o comandante avisou que a temperatura estava em 9°, tremi na base, São Paulo faz frio, mas não assim né. Aguentei firme, fingi costume até pegar minha bagagem e entrar no taxi, ali a pose acabou e eu já fui perguntando onde eu podia comprar um casacão por que eu não tinha nada na minha mala para aquele frio todo.

2016-07-19-16.27.22.png.png

O motorista muito bem humorado, me indicou o Calçadão da XV, o que mais gostei foi o jeito dele falar “No Calçadão da VX!” me fez lembrar quando dizemos em São Paulo, ” Na 25 de Março!” Então eu pretendo ir lá nem que seja só para conhecer.

O hotel que eu estou hospedada é o Hotel Mercure Curitiba Batel, o lugar é ótimo, a comida é deliciosa, tem banheira, TV a cabo, wi-fi, academia e piscina AQUECIDA, eu vou até comprar um biquíni ^^

img_20160718_223254.jpg
Relaxando na banheira, com um bom livro (sonho realizado)

Estou no bairro Batel, que não é bem o centro de Curitiba, mas próximo, de acordo com o que me disseram (me corrijam se seu estiver errada pessoas lindas que conhecem Curitiba). Mas caminhando por ai hoje de manhã, a região tem de tudo em volta e pertinho então eu pensei “se aqui tem de tudo e não é o Centro o que é que tem no Centro?”

20160719_141320.jpg

Achei muito praticas e funcionais essas paradas de ônibus. Protegem do frio, da chuva e de possíveis motorista de respingar água no pedestre em dia de chuva. Outra coisa que me chamou atenção é a altura das portas dos ônibus, qual seria o motivo disso? sem falar nesse laranja mexerica.

20160719_141531.jpg

Os táxis nessa rua também eram laranja mexerica. E os carros ficam estacionados numa faixa da rua e não nas calçadas, o que me fez lembra automaticamente daqueles motoristas de São Paulo que obstruem as calçadas dificultando a vida dos pedestres.

20160719_123501-1.jpg

Mais um ponto positivo que eu notei, foi a quantidade de arvores, elas são inúmeras, altas, cheias e não vi nenhuma cortada ou podada. Essa foto não representa muito o que estou dizendo, mas nós próximos dias eu vou postar mais para vocês.

Se você é de São Paulo sabe que as arvores por lá são duramente reprimidas, parece que o principal estilo das arvores la é redonda, pequenas e vários galhos serrados.

Outra coisinha, a passageira ao lado da minha poltrona no avião me recomendou a LINHA TURISMO, um ônibus que percorre todos os pontos turísticos de Curitiba e eu descobri que ele passa relativamente próximo do Hotel, então é o que eu também pretendo fazer por aqui, se você souber de algum lugar bacana para eu visitar, deixa nos comentários ok?!

20160719_130444.jpg

Meu dia foi praticamente esse, tomar café no hotel, caminhar para conhecer o bairro, dar uma volta no shopping Patio Batel (e digo só dar uma volta mesmo por que lá só tem marca cara, gesesuises) almoçar com o maridão e voltar para o hotel e fazer esse belo post para vocês =D que eu espero que tenham gostado.

Talvez a noite eu saia, mas ai vai ser assunto para outro post. bjs e até amanhã!!!

Deixe um comentário

bjs de luz

 

Loading Likes...

Only registered users can comment.

Deixe um comentário do que achou do post!

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.