LifeStyle

Primeira vez viajando de Avião

22 de maio de 2016

Olá Jujubas e Amendoins, estou escrevendo para vocês direto de Brasilia uhuuuuuuu, meu marido e eu estamos visitando meu sogro e os meus cunhados. Essa viagem me proporcionou viajar pela primeira vez de avião (aplausos e gritinhos), mas como nem tudo na minha vida é perfeito essa viagem não foi tão só passeio assim, meu marido precisava vir mais cedo a trabalho, então a minha pessoa precisou viajar sozinha ><

Tirando o nervosismo com a viagem, a ansiedade e o medo de me perder no aeroporto eu consegui despachar minha mala, o check-in eu fiz antes online pelo site da TAM (agora LaTam) e acabou tudo bem, eu achei o Gate de embarque! Eu achava que seria algo muito difícil de lidar, mas as pessoas se mostram muito solidarias quando você diz que é a primeira vez que viaja de avião.

Ao embarcar, as poltronas do avião parecem a de um ônibus de viagem mas são três poltronas, corredor, mais três poltronas.
O avião da umas voltinhas na pista, uma voz (do piloto) anuncia que estamos prontos para decolar e o avião acelera, é rápido mesmo, então você sente uma leve inclinação para trás e parece que a Gravidade está tentando te manter no chão, mais um impulso e sua cabeça gira e você está oficialmente voando! O ruim na minha viagem é que eu estava no corredor e o cara que estava na janela fechou ela ¬¬ e na fileira ao lado também fecharam, conclusão um complô para me impedir de ver né.
Meus ouvidos ficavam tampando como quando a gente desce a serra para Santos e meu nariz parecia aberto do jeito que só depois de uma inalação caprichada de berotec. Eu sentia uma vertigem tão forte que eu sentia como se eu tivesse uma cabeça enorme e fosse um daqueles bonecos com o cabeção que balança, o simples virar minha cabeça parecia que ela ia cair no meu colo! Foi até tranquilo, eu esperava uma trepidação dessas se chacoalhar a gente todo e um solavancos.
Meus olhos começaram a doer 10 min depois do vôo, eu não sei se isso é normal ou sou eu que sou muito sensível! 40 min depois serviram um lanche, torradinhas e tinha opções de bebidas, refrigerante, água, suco, café e eu escolhi Coca-Cola hehehe
Com muito jogo no pescoço, é não foi de cintura foi de pescoço, eu consegui dar uma espiada pela janela, serio parecia que eu estava num sonho, literalmente andando nas nuvens e quando eu conseguia ver algo do céu era o azul mais brilhante que eu já vi *__*
A viagem é como estar num ônibus de viagem, mas no avião é bem menos chacoalhar, o ônibus trepida beeem mais.
Fui até o banheiro só para conhecer, nunca usaria ele nem se tivesse muito apertada, ele é unissex, minúsculo, acho que se você sentar no vaso seus joelhos batem na porta, Gesesuises eu encostei o mínimo possível em qualquer coisa la dentro, como tem gente que tem fetiche de transar la dentro e pior como consegue.
O piloto anunciou que vamos pousar, para nós preparar e que estamos adiantado. Eu acho bom esses anúncios porque eu ficaria bem assustada se do nada o avião começasse a cair shuashuashuashu
No pouso a Gravidade parece apertar a gente pra baixo e o avião vai descendo tão lentamente, parece que estamos numa esteira, deslizando,então ele começa a fazer uma espécie de curva, da pra sentir ele se inclinando levemente para o lado direito
O cara da janela abriu ela por uns 10 segundos nessa hora e eu pude ver os prédios la em baixo.

E para minha surpresa o pouso não é tão suave assim, nada impossível de lidar, mas nem um pouco imperceptível rs
Chacoalhou e fez barulho de tudo balançando, mas to bem =)

20160519_152814.jpg

 

 

Minha cara de alivio depois do pouso shuasuahushaushua

 

 

 

Espero que vocês tenham gostado da minha experiencia, deixem um comentário!

bjs de luz

Loading Likes...

Deixe um comentário do que achou do post!

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.